Make your own free website on Tripod.com
O papel de ciência e tecnologia


Atuação da Academia Brasileira de Ciências no Processo Preparatório para a Cúpula Mundial sobre Desenvolvimento Sustentável


O papel que representa a ciência, a tecnologia e a inovação para o desenvolvimento sustentável, é um assunto que o Secretariado da Conferência decidiu incluir como prioridade. Com esse objetivo foi solicitado ao International Council of Sciences - ICSU para que, juntamente com a World Federation of Engineering Organisations - WFEO, a Third World Academy of Science - TWAS, o Inter-Academy Panel - IAP e o International Social Science Council - ISSC, fosse preparado um documento que fizesse uma avaliação dos progressos alcançados pela comunidade científica e tecnológica internacional nos aspectos referenciados nos capítulos 31 e 35 da Agenda 21 e, com base nessa avaliação, fosse obtidas uma previsão e propostas das futuras atividades.

Adicionalmente, o ICSU e outras instituições a ele associadas, tinham também afunção de organizar uma comissão da comunidade científica e tecnológica internacional para participar da Segunda e da Quarta Reunião Preparatória (PrepCom) da Cúpula Mundial.

No contexto brasileiro, o Presidente da Academia Brasileira de Ciências e Vice-Presidente do IAP foi convidado a integrar os grupos de trabalho que estão sendo estruturados para atender a demanda do Secretariado da Cúpula Mundial para o Desenvolvimento Sustentável. Especialmente, há um interesse em unir a participação da ABC com a ação do Ministério de Ciência e Tecnologia e de outras instituições governamentais e não governamentais que pertencem a Comissão Interministerial criada pelo Governo Federal para organizar a participação do Brasil na Cúpula Mundial. O fato é que diante da grandiosidade dos temas que serão debatidos em Joanesburgo e da multiplicidade de agentes, corre-se o risco de, em não havendo consistência nas propostas e nas questões a serem levadas à Cúpula Mundial pela comunidade científica e tecnológica, suas contribuições acabem por se diluir em outros temas. Por isso, a Academia Brasileira de Ciências junto de outras instituições brasileiras devem ter uma preocupação comum para que possa realizar uma atuação efetiva.


O papel do Brasil

Com a palavra FHC